LISTAS DE MARCAS CRUELTY-FREE


As marcas presentes nas listas abaixo não são testadas em animais e podem ser compradas em Portugal, tanto em lojas físicas como online (nacionais e internacionais).

Todas as marcas têm opções veganas, pelo que marcas cruelty-free mas sem itens isentos de ingredientes de origem animal estão excluídas. As marcas totalmente veganas estão devidamente assinaladas.

Todas as marcas foram rigorosamente escrutinadas para garantir que são totalmente cruelty-free.

As listas sofrerão várias alterações ao longo do tempo: sempre que alguma mudança ocorrer, a data será actualizada.

Não encontram a marca que procuram? Vejam a lista de produtos de limpeza (de marcas testadas/não testadas e encontradas em supermercados) e a lista de higiene e cosmética (idem). Se continuam a não a encontrar, entrem em contacto comigo.


LISTAS CRUELTY-FREE

Cuidados para a pele  rosto, corpo, banho, mãos, pés, lábios, homem, pós-tatuagem

Cabelo  champôs, condicionadores, máscaras, tintas, tratamentos, styling, etc.



Higiene oral  escovas de dentes, dentífricos, fios dentários, colutórios, etc.


Mamã e bebé  champôs, loções, bálsamos, pensos pós-parto, discos de amamentação, toalhitas, pomadas, fraldas, etc.

Cuidados íntimos  depilação, produtos para menstruação, higiene íntima, contraceptivos, lubrificantes


ARTIGOS RELACIONADOS




LOJAS ONLINE QUE VENDEM MARCAS CRUELTY-FREE




DÚVIDAS FREQUENTES

1. Quais os requisitos para uma marca ser cruelty-free?

Cruelty-free significa que:

A empresa não testa ingredientes nem produtos acabados em nenhuma etapa;
Os fornecedores não fazem testes em animais;
A empresa não contrata nem permite que terceiros testem os seus produtos em animais;
A empresa não vende produtos em regiões que exigem testes em animais (como o caso da China).


2. Cruelty-free é o mesmo que vegano?

Não. Um produto vegano, além de ser cruelty-free (ou seja, cumpre todos os pontos supracitados), também não tem quaisquer ingredientes de origem animal e não pertence a uma marca/empresa que patrocina formas de exploração animal, como touradas.


3. Algumas marcas que não estão nestas listas cruelty-free são recomendadas por outros sites/blogues/grupos como sendo cruelty-free.

O significado cruelty-free difere de pessoa para pessoa, daí a discrepância encontrada nas várias listas existentes. Enquanto algumas organizações e bloggers consideram cruelty-free certos produtos e/ou marcas que pertencem a empresas que testam em animais, outras rejeitam essa premissa.
Neste blogue a abordagem é abolicionista, ou seja, procura-se conscientizar a importância de excluir, na medida do possível, tudo o que envolva a exploração animal. Assim, marcas que pertencem a empresas que testam em animais estão descartadas das minhas listas.


4. Mas não basta que uma marca não seja testada em animais para ser cruelty-free, mesmo que a sua empresa teste?

Ao comprarmos uma marca que pertence a uma empresa que testa em animais, estamos a dar dinheiro para essa empresa. Em suma, estamos a beneficiar uma empresa que perpetua a crueldade com animais.


5. Se uma marca não está nas listas, significa que não é cruelty-free?

De modo algum. Existem tantas marcas no mercado que se torna impossível incluir todas.
Para além de algumas marcas vendidas em lojas físicas, as listas incluem muitas marcas populares que são vendidas em vários espaços online, bem como outras não tão conhecidas e que não são encontradas tão facilmente. Marcas portuguesas, especialmente as artesanais, são igualmente apresentadas.
As listas são actualizadas sempre que possível, seja para adicionar ou remover marcas. Caso descobrirem alguma marca cruelty-free e que não conste nalguma das listas, entrem em contacto aqui.


6. Por que algumas marcas que estavam nas listas já não se encontram mais lá?

Se alguma marca deixou de estar listada, é porque não cumpre ou deixou de cumprir as condições necessárias (ver ponto 1).


7. Encontrei uma marca com o selo cruelty-free e que não está presente na lista.

Contactem-me e refiram qual é a marca. No entanto, veja-se que muitas marcas usam o selo cruelty-free ilegalmente; outras usam o selo certificado mas pertencem a empresas que testam em animais. Para mais informações, ler: Podemos confiar nos símbolos cruelty-free?


8. Que perguntas devo colocar a uma empresa/marca?

Does your company test on animals, either for finished products or ingredients?
A vossa empresa testa em animais, quer para produtos acabados ou ingredientes?

Do your suppliers test on animals?
Os vossos fornecedores testam em animais?

Does your company hire or allow third parties to test on animals on your behalf?
A vossa empresa contrata ou permite que terceiros testem em animais?

Are you owned by a parent company that tests on animals?
Pertencem a uma empresa-mãe que testa em animais?

Do you test on animals when required by law?
Testam em animais quando requerido por lei?

Are your products sold in mainland China?
Os vossos produtos são vendidos na China?


Caso a empresa não responder, ou responder de forma incompleta, é preferível evitar as suas marcas e priorizar outras comprovadamente cruelty-free.