Queres motivos para deixar de comer animais? Estes documentários são para ti


Usamos infinitas desculpas para continuar a justificar, eufemizar e perpetuar a exploração, tortura e morte de biliões de animais explorados para consumo mas, no fundo, sabemos como eles sofrem e partilham capacidades emocionais similares às nossas. Aliando esse facto incontornável aos benefícios de uma alimentação vegetariana, tanto para a saúde como para o planeta, as razões para deixar os animais fora do prato são mais fortes do que continuar a comê-los e estes 10 documentários comprovam-no.

Quando se olha para a realidade dos animais,
ser vegano deixa de ser difícil.
Oberom

Dominion


Esta lista não poderia começar de outra forma. Dominion operou largas mudanças quando foi lançado e continua a revolucionar consciências um pouco por todo o mundo. As imagens do documentário foram obtidas com câmaras ocultas e drones, oferecendo uma visão mais alargada da realidade dos animais explorados para alimentação, experiências científicas, caça, vestuário, entretenimento, entre outros. Conta com a narração de Joaquin Phoenix, Rooney Mara, Sia, Sadie Sink, Kat Von D e Chris Delforce e ganhou 15 prémios. 
Quem continua a comer animais, tem o dever de saber por aquilo que está a pagar. Tem o dever de ver Dominion.


Lucent


Através de uma combinação de imagens de câmaras ocultas e de mão, Lucent explora o lado mais sombrio da suinocultura da Austrália, destacando a crueldade do dia-a-dia como a prática padrão dessa indústria. Apesar de mostrar o que se passa num único país, o documentário quer deixar claro que não é um caso isolado e que o exposto acontece praticamente em todo o lado. E que as leis de bem-estar animal de pecuária são uma ilusão. Afinal, não é possível explorar e matar com humanidade alguém que quer viver e ser livre.


73 Cows
Jay Wilde é a prova viva de que todos nós podemos mudar. O documentário conta como o antigo pecuarista desistiu de batalhar contra a sua própria consciência e, um dia, decidiu fazer o que o seu coração lhe pedia há muito: parar de explorar animais para a produção de carne e leite e encaminhar as suas vacas para um santuário.
Actualmente, Jay e a sua esposa, Katja, são veganos e cultivam produtos vegetais e biológicos com o apoio da The Vegan Society. A curta-metragem ganhou o prémio BAFTA na sua categoria, o prémio de Audiência Favorita do Four Seasons Film Festival e venceu nas categorias de Melhor Documentário e Melhor Curta no Midlands Movie Awards.


H.O.P.E — What You Eat Matters


H.O.P.E é um documentário multipremiado que revela os efeitos devastadores provocados por aquilo que comemos. O filme está dividido em três partes, todas elas sobre o impacto da nossa alimentação: a primeira parte é sobre saúde, a segunda sobre o planeta e a terceira sobre os animais.
Realizado por Nina Messinger, conta com a participação de Jane Goodall, T. Colin Campbell, Caldwell B. Esselstyn, Vandana Shiva, Melanie Joy, entre outros.


Called To Rescue
Produzido por uma família vegana, Called To Rescue convida-nos a rever os nossos valores em relação aos animais e ao modo como os tratamos. Além dos relatos da crueldade pela qual os animais passam, o documentário apresenta vários episódios centrados na compaixão, no respeito, no amor e no altruísmo, que tantas vidas salvam.
Com 15 santuários como cenário principal, o documentário também pretende partilhar a importância destes espaços e, através deles, mostrar a trajectória dos animais que tiveram uma segunda oportunidade graças à boa vontade humana.


Seaspiracy


Os oceanos formam uma das maiores riquezas do nosso planeta. Em troca, poluímos-los e matamos impiedosamente os seus habitantes, ao mesmo tempo que acreditamos que as nossas acções não afectam os ecossistemas marinhos.
Juntamente com esse problema, há outro: a negação da consciência dos peixes. Como o seu sofrimento não é audível quando estão a ser mutilados por ganchos e anzóis, ou quando asfixiam lentamente, acreditamos que eles não sofrem ou que, pelo menos, não sofrem tanto quanto os mamíferos.
Enquanto a comunicação social tem dado atenção ao consumo de carne e como este prejudica o ambiente e a saúde humana (o abuso animal é que já não é tão discutido), os peixes e todas as consequências provocadas pela pesca permanecem invisíveis. A pensar nisso, o activista Ali Tabrizi criou este documentário que, para além de esclarecer tudo isso, alerta para que esta realidade deixe de ser ignorada.


Casa de Carne


E se tivesses de matar o teu jantar? Esta curta, com apenas dois minutos, convida-nos a reflectir sobre essa questão. Muitos de nós comemos carne, mas quase nenhum conseguiria matar os animais com as suas próprias mãos. Não será isso indício de que os nossos comportamentos não estão alinhados aos nossos valores?
Casa de Carne é da Last Chance For Animals e ganhou o prémio do Animal Film Festival de 2019.


A Engrenagem


Criado pelo Instituto Nina Rosa Projetos Por Amor à Vida, este vídeo explica o impacto que os produtos de origem animal têm para o ambiente, o que os torna altamente insustentáveis. De facto, se o custo ambiental fosse contabilizado nesses produtos, o seu preço seria inviável.
A Engrenagem também fala sobre o sofrimento dos animais e a fome do mundo, demonstrando o que estudos científicos têm vindo a descortinar: se deixássemos os produtos de origem animal fora do prato, haveria alimento suficiente para 15 mil milhões de pessoas o dobro da população humana global.


You Will Never Look At Your Life In The Same Way Again


Earthling Ed, como é conhecido Edward Winters, adorava frango frito e já era conhecido no KFC da sua zona por ir lá regularmente. Assim como a maioria, ele dizia que nunca poderia tornar-se vegetariano ou vegano, tal era o seu vício pelo gosto da carne. Numa aula de Literatura Inglesa, quando o vegetarianismo foi mencionado, comentou que os vegetarianos são todos magros, pálidos e doentes. Quatro anos depois, um artigo sobre um acidente com um camião que transportava 7 mil frangos levou-o a abraçar o veganismo de corpo e alma.
Actualmente, dedica-se a espalhar a mensagem de não-violência para com todos os animais não-humanos. Nesta palestra, fala sobre a importância de nos reeducarmos e de desobedecermos ao sistema que nos motiva a explorar animais.


Food Choices


Food Choices é fruto de uma investigação de três anos de Michal Siewierski, o realizador, para expor como a nossa dieta afecta o clima e a nossa saúde. De cariz informativo, o documentário desconstrói vários mitos sobre a alimentação e nutrição vegetarianas e conta com a participação de várias pessoas, desde médicos, nutricionistas e atletas, que partilham as suas experiências pessoais e como as suas vidas mudaram depois de adoptarem uma alimentação vegetal.

--------------------------------------------------------------

Querem parar de comer produtos de origem animal mas não sabem por onde começar?

Dicas para fazer uma transição alimentar saudável
Veganismo 101  Primeiros Passos
E-books com receitas veganas saborosas – Quebra do Silêncio, Natural Vibe, Dicas da Oksi, La Luisité, Green Delights
Virei Vegetariano, e Agora?  Manual de orientação do Dr. Eric Slywitch, médico especialista em nutrologia
Bases da alimentação e culinária vegetariana
Alimentação vegetariana e nutrição
Pirâmide alimentar vegana e saudável
Lista de compras para iniciantes

1 comentário

  1. Já não como animais há muitos anos, mas não me importo de ter mais coisas para ver na minha lista! Obrigada! :D

    http://purflefox.blogspot.pt

    ResponderEliminar