Calendário da horta: As frutas e legumes que devemos plantar em cada mês


Se são interessadas/os no ambiente, quase de certeza que já conhecem o Uniplanet. Este maravilhoso portal aborda os mais variados temas relacionados e interligados com os direitos da Natureza, desde ecologia, veganismo, desperdício zero, sustentabilidade, minimalismo e agricultura biológica. Para além disso, tem um grupo de leitura e vai criar uma horta biológica comunitária na zona de Coimbra. Como podem ver, é um projecto inspirador 💚

Este calendário é da autoria das pessoas que estão por detrás do Uniplanet e fiquei tão encantada com esta informação tão valiosa que tive de passá-la para aqui. Se ainda não têm uma horta, peguem nestas dicas e comecem uma 😊


Janeiro
Para o minguante de Janeiro, guarda o melhor madeiro.

Na horta:
Cavar e adubar o terreno para expor a terra, durante o maior número de dias possível, aos agentes atmosféricos, o que ajudará na sua fertilização.
Semear: Favas, ervilhas, grão-de-bico e alhos. Se o tempo permitir, semear em terra leve e seca cenouras, rábanos, alfaces e cebolas.
Dica: Cobrir a terra semeada com palha para evitar que o gelo queime os rebentos.
Plantar: Batatas

No jardim:
Aparar roseiras e arbustos e arrancar plantas anuais velhas.
Neste mês, poderá também realizar as transplantações e as mudanças de habitat (aproveitando os dias mais ásperos).
Podar e limpar as árvores frutíferas.


Fevereiro
“Barra roxa em sol nascente, água em três dias não mente.”

Na horta:
Cavar e adubar a terra antes das plantações.
Plantar: couve-flor, alface, cenouras e, no fim do mês, melão e pepino.
Plantar ou semear: aipo, cebolas, espinafres, favas, repolhos, ervilhas, batatas, rábanos e rabanetes.
Lançar adubo em volta dos pés das plantações de morangueiros e amanhar sem tirar as folhas velhas.

No jardim:
Preparar canteiros e vasos para as sementeiras anuais.
Transplantar para esses canteiros: campânulas, cravinas, girassóis, lírios e anémonas.
No fim do mês, começar as sementeiras das plantas anuais e resguardá-las do frio.
Podar as árvores frutíferas.


Março
“Nasce a erva em Março, ainda que lhe dêem com o maço.”

Na horta:
Semear: Alhos, beterrabas, cenouras, repolhos, couves, cebolas, agriões, espinafres, alfaces, rábanos, tomateiros e nabos.
Colocar batatas-doces sobre camadas de estrume para alcançarem hastes novas (que serão plantadas ao ar livre em abril).
Pode plantar morangueiros nos primeiros dias de março, embora os morangos não sejam tão abundantes e suculentos como os plantados no outono.

No jardim:
Semear: cravos, amores-perfeitos, papoilas, ervilhas de cheiro, zínias e dálias.
Fazer sementeiras, ao ar livre, de todas as plantas anuais, protegendo as sementes à noite por causa do frio.


Abril
“Abril molhado, ano abastado.”

Na horta:
Continuar as sementeiras de couve-flor, couve-de-bruxelas, rábanos e rabanetes.
Semear: Agriões, espinafres, salsa e ervilhas. Semear melões e abóboras em vasos protegidos do frio.

No jardim:
Semear: Crisântemos, papoilas, ervilhas de cheiro e zínias. Em Abril, começam a florir anémonas, primaveras, narcisos, tulipas e amores-perfeitos.


Maio
“Quando Maio chegar, quem não arou há de arar.”

Na horta:
Realizar as transplantações, sachas e mondas.
A partir do meio do mês regar ao fim da tarde (já não há o problema do frio da noite).
Semear ou plantar: Abóboras, agriões, aipos, alfaces, beterrabas, cebolas, ervilhas, nabos, pepinos, salsa e couves variadas.

No jardim:
Sachar os canteiros e os vasos com cravos, e colocar estrume. Ter atenção para que os ranúnculos e tulipas não murchem com falta de água.
Regar ao fim da tarde.


Junho
Árvores e amores, enquanto não tiverem raízes terão folhas e flores.

Na horta:
Regar de manhã e à tarde.
Semear ou plantar: Alfaces, repolhos, cenouras, couves, mostarda, nabos, rabanetes e rábanos.
Capar abóboras e melões.

No jardim:
Ter atenção aos ataques dos insectos aos craveiros e das lesmas e caracóis aos lírios acabados de florir.
Quando as folhas começam a ficar amarelas tirar da terra os jacintos e tulipas.


Julho
Pelo Santiago pinta o bago e cada pinga vale um cruzado.

Na horta:
Sachar, limpar e regar a horta.
Regar e cortar as folhas velhas dos morangueiros.
Plantar: Brócolos, couve-flor e lombarda e semear cenouras, ervilhas, feijão, rabanetes e salsa (onde houver água para rega).
Arrancar e guardar as batatas, alhos e cebolas.
Desbastar as árvores de fruto que estejam muito carregadas.

No jardim:
Estacar e adubar as roseiras, dálias e crisântemos.
Limpar canteiros de plantas secas e ervas daninhas.
Regar diariamente e renovar as flores da época.


Agosto
Quem em Agosto ara, riqueza prepara.

Na horta:
Regar, pois sem esta ajuda as plantas têm dificuldade em resistir.
Recolher sementes de ervilhas, favas, cenouras, beterrabas e couves.
Arrancar as batatas (as ramas já devem estar secas).
Semear: Rabanetes, alfaces, espinafres, nabos e cebolas.
Regar abundantemente os morangueiros (já devem ter frutos em abundância).

No jardim:
Renovar os canteiros para jacintos e tulipas.
Cuidar da florescência das dálias e das roseiras.
Quando os cravos terminarem a florescência, proceder à sua mergulhia.
Recolher sementes das plantas anuais e bianuais.


Setembro
Em Setembro planta, colhe e cava, que é mês para tudo.

Na horta:
Regar pela manhã e ao fim da tarde.
Semear ou plantar: Cenouras, chicória, couves, espinafres, cebolas, rábanos, rabanetes e salsa.

No jardim:
Transplantar margaridas, goivos e as plantas que florescem no início da primavera.
Enxertar roseiras.
Semear as plantas que florescem na primavera seguinte.


Outubro
Em Outubro sê prudente: guarda pão; guarda semente.

Na horta:
Colher tomates, melões, pepinos e abóboras.
Preparar a terra para as couves, alface, cebolas e alhos.
Revolver bem os terrenos para as cenouras e enriquecer com adubo e elementos naturais.

No jardim:
Podar plantas que acabaram a florescência e aproveitar as aparas para fertilizar os canteiros.
Semear plantas que devem florir na primavera.


Novembro
Em Novembro põe tudo a secar; pode o sol tão cedo não voltar.

Na horta:
Semear ervilhas e favas em terrenos secos.
Apanhar os alhos, alfaces, cebolas, e couves.
Fazer plantações de morangueiros.
Recolher as raízes que não devem passar o inverno na terra.
Cavar as terras argilosas para sementeiras da primavera.

No jardim:
Podar árvores e estacar as que precisarem.
Arrancar os restos das plantas anuais já sem flores.
Limpar canteiros e carreiros e aproveitar as folhas das árvores como adubo para o jardim.


Dezembro
Em Dezembro festejar, para em Janeiro trabalhar.

Na horta:
Cuidados parecidos aos do mês anterior.
Plantar alhos.
Preparar espargos e alcachofras para o inverno.

No jardim:
Cobrir com esteiras as plantas mais sensíveis às geadas.
Continuar a podar as árvores.
Dispor cactos na parte do jardim onde houver mais sol e menos humidade.


Imagem | Google

9 comentários

  1. Que informação tão fixe!! E os provérbios então... ❤

    Beijinho!

    ResponderEliminar
  2. Gostava muito de ter uma horta e ainda não perdi a esperança, por isso, esta publicação veio mesmo a calhar :D

    ResponderEliminar
  3. Que interessante! Amava ter uma horta e plantar lá imensas coisinhas boas *.*
    Beijinhos,
    Blog An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook
    Youtube

    ResponderEliminar
  4. Não há nada como as coisas que semeamos ou plantamos, a meu ver é tudo muito mais saboroso e saudável. Tenho horta e jardim em casa e quando viver sozinha também é algo no qual vou apostar :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Menina, que post mais útil!
    Sou doida para fazer uma hortinha aqui em casa. :)
    Amei!

    Beijos,

    Algumas Observações

    ResponderEliminar
  6. adorei este post , dá me imenso jeito já que comecei a refazer a minha hortinha em vasos á pouco tempo :D
    O Olhar da Marina

    ResponderEliminar
  7. Estava mesmo a precisar de um post assim porque quero ver se recomeço a minha horta :b

    Beijinhos,
    DEZASSETE

    ResponderEliminar
  8. Olá Mel,
    Muito obrigado pela partilha, pelos elogios e por acompanhares o nosso trabalho! 😊
    Continuação de um excelente trabalho no Quebra do Silêncio. 🐇🦌
    Um abraço

    ResponderEliminar