Maternidade vegana com a Claiti Cortes 💚 Imagina Vegan



É com muita alegria que vos trago a Claiti Cortes, a primeira mãe do Brasil que participa nesta rubrica. Na sua conta de Instagram, o Imagina Vegan, ela publica refeições saborosas, nutritivas e baratas para toda a família, inclusive para a sua pequena Antonela, que fez dois anos há pouco tempo. Através dessas partilhas pretende mostrar como o veganismo pode ser acessível para todos, bem como a importância de o popularizar para que não seja visto como um mero nicho de consumo. Para quem pensa que uma alimentação totalmente vegetal é dispendiosa, exige demasiado tempo e não é saudável para bebés e crianças, esta entrevista vai com certeza desconstruir essa ideia e esclarecer algumas dúvidas. Fiquem por aqui e leiam as palavras da Claiti ♥

Beleza sem sofrimento | 42 Vernizes cruelty-free


Digam adeus aos vernizes testados em animais com estas 42 marcas cruelty-free 💜 Fiz uma lista de vernizes há uns tempos, mas como algumas marcas já não existem ou já não se encontram disponíveis em Portugal achei melhor actualizar. A maioria é obtida exclusivamente online, mas algumas são facilmente encontradas em lojas físicas e têm preços bastante simpáticos.

Maternidade vegana com a Marta Neves 💙 “Sempre achei que não fazia sentido gostar de animais e matá-los para os comer”


A Marta é uma leitora do blogue que, com todo o carinho, aceitou participar nesta rubrica e, assim, contribuir para a desconstrução do pré-conceito socialmente estabelecido em relação ao veganismo na maternidade. Nesta entrevista, ela partilha connosco a sua experiência em amamentar prolongadamente e como é criar uma criança pequena num ambiente fortemente tauromáquico.

Cosmética natural | Creme hidratante Sente Senas


Trocar os produtos convencionais pelos naturais é um caminho sem volta: o que vem do coração das plantas acaba irremediavelmente por nos conquistar, até porque a pele acaba por nos agradecer. E sendo a pele um órgão, este pormenor de escolher entre algo natural e algo mais químico é, de facto, relevante.

Quem tem pele mista sabe como é um desafio encontrar produtos apropriados, já que exige cuidados que tanto tratem das zonas mais oleosas (geralmente a testa, nariz e queixo) como das normais e/ou secas.

Eu já tinha utilizado o Namasté mas a fórmula foi alterada, bem como a embalagem: agora, vem num frasquinho de vidro opaco com um doseador, o que acaba por ser mais prático e higiénico do que retirar o creme directamente do boião.